Seguidores

domingo, 13 de setembro de 2009

As crônicas de Marilde de Almeida Gomes


A escritora Marilde de Almeida Gomes marca a sua estréia oficial no mundo da literatura com a publicação do livro “Quase todos: segredos de uma vida” (Ed. Kepls). Trata-se de uma interessante seleção de crônicas autobiográficas.

No prefácio da obra, Wellitania Cabral, professora de Literatura do Centro Universitário Unirg, destaca que Marilde conseguiu transformar em ficção a vida real, já que apresenta uma extraordinária facilidade de narra, que mais lembra uma contadora de histórias marcada pela oralidade e pela naturalidade.

Além do caráter sentimental e espontâneo, a autora revela-se memorialista e, por vezes, nostálgica ao narrar suas vivências.

O poeta e professor Fabiano Donato, incentivador de primeira hora de Marilde Gomes, afirma que muito para além das geografias e dos eventos históricos, os quais são muitos vivenciados pela autora, o detalhe que mais salta aos olhos do leitor ao longo destas memórias é a insistente qualidade humana de sua contadora em permanecer sempre capaz de guardar a ternura mesmo quando os outros humanos de seu tempo parecem tê-la como perdida.

Para Donato, Marilde consegue de modo gratuito, manter o tom memorialista, despojado, sem pretensão de grandiosas performances literárias, mas sempre visando à clara afirmação do ato vivido, ou ainda, o registro transparente do fenômeno sofrido na própria carne.

A AUTORA
Marilde de Almeida Gomes nasceu em 07 de junho de 1948, no então povoado de Dueré, à época, Estado de Goiás, hoje, base territorial do Estado do Tocantins. Seus pais, Hermínio Gomes de Almeida e Roberta Luiza Bezerra, ambos já falecidos, foram pioneiros de Dueré, e muito contribuíram para a emancipação política e administrativa da cidade. Caixeiro viajante e depois garimpeiro, Hermínio Gomes de Almeida elegeu-se vereador e primeiro presidente da Câmara Municipal de Dueré. Também se tornou Juiz de Paz.

A escritora viveu parte de sua infância e adolescência em Barreiras (BA), onde aprendeu as primeiras letras na Escola Municipal Aníbal Barbosa Filho, na zona rural daquele município. Depois estudou no Colégio Padre Vieira, também em Barreiras. Em 1965 muda-se com a família para Dueré, onde conclui o curso primário e o ginasial na Escola Estadual Elesbão Lima. O segundo grau foi concluído em Goiânia (GO), em 06 de agosto de 1979, por meio do Projeto Lumem. Em dezembro de 2006, graduou-se em Letras pelo Centro Universitário Unirg. Começou sua vida profissional em 1968, como professora primária na Escola Municipal Brejinho, localizada na zona rural de Dueré, na propriedade de João de Aguiar.

Em 13 de julho de 1969 casa-se em Gurupi com o comerciante Julio Gomes Filho com quem teve os filhos, Laete, Kátia Maria, Antonio Júlio, Ciney e Cineya.

Nos dias atuais além de dedicar-se à produção literária (ela está finalizando o seu segundo livro), Marilde Gomes goza de merecida aposentadoria como auditora de renda do Estado do Tocantins, função que exerceu com muita competência na Delegacia Fiscal de Gurupi.

4 comentários:

Unknown disse...

Como faço para comprar esse livro? Moro em Palmas/TO. Tem ele em PDF?

julia Carneiro disse...

Como faço p baixar ou comprar? Tbem moro em Palmas/TO

julia Carneiro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
joao moreira disse...

Preciso desse livro, alguém poderia me informar como baixar em pdf? Ou lê-lo online?